O que Acontece

Grupo ribeirão-pretano lança cinco novos bairros

São mais 2 milhões de m2 de área urbanizada em quatro bairros em Ribeirão Preto e um em Cravinhos

Ribeirão Preto, interior paulista, ganha quatro novos bairros planejados assinados pelo Grupo WTB, que também lança mais um bairro no município vizinho de Cravinhos, a cerca de 24 km. No total, são 2.164.716,76 m2 de área urbanizada com aproximadamente 5.500 unidades habitacionais entre apartamentos, terrenos e casas, além de 666.701,00 m² de áreas verdes e arborizadas. Os empreendimentos seguem o padrão de bairros inteligentes e sustentáveis, com lotes comerciais e residenciais, além de casas e apartamentos acessíveis pelo programa Minha Casa Minha Vida.

O novíssimo bairro planejado em Cravinhos será lançado neste sábado, 12, e terá 251.012,83 m2 de área urbanizada total, com 636 lotes e 160 casas. 4.835 de mudas foram plantadas para compor a área verde.

Os novos empreendimentos vão mudar a paisagem da cidade porque reúnem soluções que respondem aos conceitos de sustentabilidade, relacionamento com os espaços públicos, mobilidade, inclusão e meio ambiente. Para isso, têm espaços planejados para centro de compras e serviços, área verde, quadras, ciclofaixas, praças, alguns já contam com praças inclusivas com equipamentos para adultos e crianças com necessidades especiais, praças com equipamentos lúdicos para animais de estimação, praças de descanso, área para piquenique, quadras esportivas e infraestrutura completa, como rede de água e esgoto, iluminação pública, escoamento sanitário e de águas pluviais, abastecimento de água potável e pavimentação.

“Optamos pelo conceito de Novo Urbanismo, com projetos de bairros sustentáveis e autossuficientes em que o objetivo é facilitar a vida das pessoas que vivem, trabalham ou têm seus negócios no local. Outro desafio foi oferecer toda essa estrutura com custo acessível para as famílias”, explica Welton Tadeu De Bortoli, presidente do Grupo WTB. Para isso, os novos bairros têm localização estratégica que facilita o acesso a outras regiões da cidade. “A ideia é criar bairros que promovam qualidade de vida e que, por consequência, tornam-se bons investimentos para quem vai morar, abrir um negócio ou investir”, completa.

A cidade e as pequenas empresas ganham se os moradores não precisarem se deslocar para outras regiões para necessidades básicas, sem contar o alívio no tráfego e transporte público, dentre outros recursos renováveis. “Conseguimos com nossos projetos atender às demandas da cidade, atraindo não só o cliente final, mas empresas que possam construir em nossos bairros planejados casas, edifícios comerciais e residenciais, shopping centers, hotéis, escolas, e qualquer outro produto que traga benefício para a população. Desta forma, os projetos atendem também a empresas parceiras que entram com sua expertise gerando emprego e valor”, explica De Bortoli.

Segundo Marcelo Valentini, da Grant Thornton, uma das maiores empresas globais de auditoria, presente em mais de 140 países, “essa filosofia torna o modelo de negócios da WTB único, com soluções inteligentes diferenciadas”.

Novos bairros

O primeiro dos recentes lançamentos é o bairro Reserva Macaúba, na zona leste de Ribeirão Preto, que foi entregue no fim de novembro/2020, em um evento no modelo drive thru em razão da política de distanciamento social. O bairro, 100% comercializado em três dias no lançamento em 2019, fica na região leste de Ribeirão Preto, novo vetor de crescimento da cidade, e tem mais de 460 mil m2 de área urbanizada, com lotes comerciais e residenciais, 300 casas prontas e 900 apartamentos.

Além do novo bairro em Cravinhos, três novos bairros serão lançados em Ribeirão Preto em 2021 – todos com lotes mistos, casas e apartamentos e possibilidade de aquisição pelo programa Minha Casa Minha Vida.

Dentre os lançamentos estão os bairros Reserva São José, na zona sul de Ribeirão Preto (prolongamento das avenidas Afonso Valera e José Herbert Faleiros), com lotes de 250 m2 a 5.100 m2 e previsão de 2.400 apartamentos em cerca de 358 mil m2 de área urbanizada; Reserva Santa Iria, na zona leste (em frente à Rod. Abrão Assed), com terrenos entre 160 m2 e 600 m2 e cerca de 1.000 casas em cerca de 578 mil m2 de área urbanizada; e o reserva Regatas (na confluência das rodovias Anhanguera e Cândido Portinari) com lotes a partir de 171 m2 e planejamento para receber 300 casas prontas e 800 apartamentos em área urbanizada de 575 mil m2.

Receba Novidades