O que Acontece

Sociedade Brasileira de Psicanálise de Ribeirão Preto lança serviço gratuito de atendimento à distância para profissionais de saúde

Serviço tem apoio do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios de Ribeirão Preto e já está sendo acionado por profissionais de saúde

Desde a semana passada, a Sociedade Brasileira de Psicanálise de Ribeirão Preto (SBPRP) está oferecendo apoio psicológico gratuito para profissionais de saúde da cidade e municípios vizinhos que estejam com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus ou desenvolveram a COVID-19.

O serviço disponibiliza, gratuitamente, até quatro sessões por pessoa, com atendimento remoto. Os profissionais de saúde podem acionar o atendimento por Whatsapp ou e-mail.

Esta ação da SBPRP conta com 38 psicanalistas voluntários que já estão sendo acionados.

Segundo Alexandre  Martins de Mello, psicanalista, médico e diretor científico da SBPRP, o serviço começou a ser organizado ao chegarem as primeiras notícias sobre a pandemia provocada pelo novo coronavírus. “Vimos as primeiras notícias a respeito das consequências que o estresse estava provocando sobre os profissionais de saúde na Europa e nos dispusemos a colaborar neste momento em que a pandemia avança no Brasil”.

“A sociedade espera que o profissional de saúde cuide dos pacientes vitimados pelo novo coronavírus, mas ele precisa ser cuidado também. A eminência da contaminação pelo novo vírus é um fator de ansiedade e estresse para toda a sociedade e, em especial, para esse exército de profissionais sobre os quais recai grande responsabilidade nesta pandemia”, alerta Yussif Ali Mere Jr, médico e presidente do SindRibeirão.

A FUNDACENTRO – Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho diz que até 10% dos profissionais da saúde são atingidos por Covid-19. A OMS-Organização Mundial de Saúde estima que o percentual de trabalhadores da saúde afetados pela Covid-19 varia entre 8% e 10%.

O acesso ao serviço da SBPRP pode ser feito pelo e-mail sbprp.suportecovid19@gmail.com ou pelo Whatsapp Business (16) 3623.7585.

A SBPRP, associação vinculada à International Psychoanalytical Association (IPA) desde 1993, é um agente catalizador e inspirador para o estudo, o trabalho e a divulgação da Psicanálise que vem formando e capacitando gerações de profissionais de vanguarda para exercerem a psicanálise e assumirem protagonismo nacional e global no conhecimento da crescente complexidade de ser humano.

***

O texto para chamar os membros a colaborar escrito pelo Dr. Paulo de Moraes Mendonça Ribeiro explica um pouco mais o serviço. Segue o texto na íntegra.

Prezados(as) colegas Membros da SBPRP:

Será que teremos um amanhã?

Tecendo a Manhã
João Cabral de Melo Neto

Um galo sozinho não tece a manhã:
ele precisará sempre de outros galos.
De um que apanhe esse grito que ele
e o lance a outro: de outro galo
que apanhe o grito que um galo antes
e o lance a outro; e de outros galos
que com muitos outros galos se cruzam
os fios de sol de seus gritos de galo
para que a manhã, desde uma tela tênue,
se vá tecendo, entre todos os galos.
E se encorpando em tela, entre todos,
se erguendo tenda, onde entrem todos,
se entretendendo para todos, no toldo
(a manhã) que plana livre de armação.
A manhã, toldo de um tecido tão aéreo
que, tecido, se eleva por si: luz balão.

O arquiteto-diplomata-escritor-poeta João Cabral de Melo Neto, no poema acima, nos conclama a nos unirmos para – juntos – termos uma força de vida e ação como grupo de trabalho formado por especialistas em turbulências emocionais. Unidos em nossa práxis, podemos compor os “fios de sol de gritos de galo” para compor um ‘toldo-continente’ aos necessitados.

A SBPRP, encabeçada pela sua Diretoria e coordenada pelos colegas Alexandre Mello e Andréa Ciciarelli, tomou a iniciativa de oferecer aos profissionais de saúde da nossa região metropolitana um serviço de atendimento online breve, focal, voltado para o suporte psicológico daqueles que se envolveram com demandas do coronavírus.

Voltando ao poema, podemos pensar que ele ‘brinca’ com a palavra “manhã”. Sabemos, como bons interioranos, que uma manhã – um alvorecer – é tecido pelo canto de muitos galos, um começa, depois outro continua, depois outro lá longe ecoa… e assim por diante os cantos dos diversos galos vão tecendo a “manhã”. João Cabral descreve esse movimento com elegância e beleza dignos de um gênio da literatura; ‘brinca’ com a palavra “manhã” pois, lendo em voz alta o poema, fica claro que a palavra “manhã” se torna AMANHÃ, o dia seguinte, o futuro….

O poema, neste contexto, visa conclamar todos os membros da SBPRP para participarem desta grande “tenda” de atendimentos que estamos organizando. Assim, poderemos participar da construção deste ‘amanhã futuro’ que, certamente, será novo!

O serviço funcionará da seguinte forma: o profissional de saúde interessado entrará em contato com a nossa secretária (Kátia) que coordenará a lista de nomes dos colegas com os horários disponíveis para o atendimento e o meio online por ele escolhido para a conversa com o profissional da saúde. Este pode ser um médico, enfermeiro, auxiliar de enfermagem, funcionário de recepção, limpeza, etc. Enfim, qualquer profissional da área da saúde que esteja vivendo angústias de contaminação pelo COVID19. A Kátia irá fazer o contato entre o interessado e o profissional disponível no horário determinado.

Se você dispuser de algum(s) horário(s) ao longo de sua semana de trabalho e se dispuser ao atendimento emergencial online, passe para a Kátia essas informações, que coordenará a distribuição das pessoas interessadas. Acreditamos que unindo nossas forças poderemos oferecer um atendimento, embora focal, limitado, mas que possa fazer uma diferença na vida dos profissionais que estarão no front de batalha com esse vírus. Nós também estamos, não duvidem disso, embora de outra maneira.

Juntos, o “amanhã”, poderá vir a ser um “toldo de um tecido tão aéreo que, tecido, se eleva por si: luz balão”!

Comissão de Divulgação Interna
Paulo Ribeiro, Mônica Bitar, Renata Sarti, Luciana Gil e Alexandre Mello.

Receba Novidades